Se Você Rejeita O Fruto, Rejeita A Semente


Yahshua, o Messias, contou uma parábola autobiográfica em Mateus 21:33-44, onde fala sobre o proprietário de uma vinha que enviou seu filho para pegar o fruto dos trabalhadores que tomavam conta dela.

Yahshua, o filho de Deus, procurava pelo fruto. Ele esperava uma resposta ao amor que continuamente demonstrava a todos ao seu redor, principalmente daqueles a quem chamou para serem seus discípulos. Seu pai precisava de um povo que produzisse "o fruto" do reino dos céus[1]. Ele queria que algo celestial fosse estabelecido sobre a terra. Por isso Yahshua ensinou seus discípulos a orar que o reino de seu Pai fosse na terra assim como é no céu[2]. Os discípulos compreendiam que seguir a Yahshua significava ter que fazer algo para trazer esse reino para a terra[3]. Eles amavam seu Mestre e queriam produzir muito fruto[4].

Yahshua também os ensinou que uma árvore é conhecida pelo seu fruto. Se uma árvore é boa, irá produzir sempre bom fruto, se porém for má, irá produzir mau fruto constantemente[5]. Logo perceberam que obedecer as palavras de Yahshua resultaria a produção do bom fruto, pois os causaria estar vitalmente ligados ao seu Criador. Produzindo muito fruto provariam que eram Seus discípulos[6].

Mas qual é o fruto do reino? O amor e a unidade foram as duas coisas que Yahshua ressaltou, nos revelando como alguém pode permanecer em seu amor, assim como ele permaneceu no amor de seu Pai.

Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em Seu amor permaneço. (João 15:10)

Seus discípulos produziriam fruto obedecendo seus mandamentos. Quais são então Seus mandamentos? Um pouco mais à frente ele explica:

O meu mandamento é este: Amem-se uns aos outros como eu os amei. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos (João 15:12-13)

Portanto, sabemos que ele amou dando sua vida pelos seus amigos. Ao fazê-lo, foi um exemplo para nós no que se refere ao que seria o padrão de amor dos seus discípulos. Ele falava sempre sobre isso, porque sabia que a humanidade foi criada para amar e expressar a plenitude do espírito de Deus fisicamente. Todos os mandamentos têm que produzir uma vida de amor e unidade.

Da mesma forma, qualquer de vocês que não renunciar a tudo o que possui não pode ser meu discípulo. (Lucas 14:33)

Respondeu Jesus: "Digo-lhes a verdade: Ninguém que tenha deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos, ou campos, por causa de mim e do evangelho, deixará de receber cem vezes mais, já no tempo presente, casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, e com eles perseguição; e, na era futura, a vida eterna." (Marcos 10:29-30)

A Vida de Amor

Os mandamentos do Mestre tornam uma pessoa livre pra viver essa vida de amor! É impossível vivê-la sozinho. Mesmo dando suas possessões acabaria com nada mais pra oferecer a quem quer que seja. Entretanto obedecendo os mandamentos do Mestre juntos, a vida descrita em Atos se torna possível. É assim que acontece o acréscimo de cem vezes mais que ele prometeu em Marcos 10:29-30.

Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos (Atos 2:44-47)

Da multidão dos que creram, uma era a mente e um o coração. Ninguém considerava unicamente sua coisa alguma que possuísse, mas compartilhavam tudo o que tinham. Com grande poder os apóstolos continuavam a testemunhar da ressurreição do Senhor Jesus, e grandiosa graça estava sobre todos eles. Não havia pessoas necessitadas entre eles, pois os que possuíam terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro da venda e o colocavam aos pés dos apóstolos, que o distribuíam segundo a necessidade de cada um. (Atos 4:32-35)

Yahshua deu sua vida para tornar possível essa vida de amor. Ele sabia que essa vida aconteceria apenas se verdadeiros discípulos obedecessem suas palavras. Sem obediência a seus mandamentos uma pessoa se encontra somente em busca de seu próprio sustento, roupa e abrigo. Yahshua entretanto, disse a seus discípulos que eles não deveriam nem pensar em suprir suas próprias necessidades, mas buscar primeiro o reino, e todas essas outras coisas seriam dadas a eles[7]. Se cada um se preocupa em cuidar dos outros e não de si mesmo, então, as necessidades de todos são supridas.

A Vida de Unidade

No coração de Yahshua pulsava um outro tema: unidade. Na verdade, em suas horas finais, este era o maior peso do seu coração. Ele orava antes de ir pra cruz que aqueles que o seguiam pudessem estar em unidade perfeita, o que testificaria sua legitimidade como seu salvador.

Não ficarei mais no mundo, mas eles ainda estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, protege-os em teu nome, o nome que me deste, para que sejam um, assim como somos um... para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. Eu neles e tu em mim. Que eles sejam levados à plena unidade, para que o mundo saiba que tu me enviaste, e os amaste como igualmente me amaste. (João 17:11,21-23)

De fato é chocante para o mundo ver que seres humanos continuam juntos, conectados profundamente, fazendo do cuidado uns com os outros seu compromisso, assegurando que todos têm o que precisam. É isso que significa amar seu próximo como a si mesmo. É apenas esse tipo de unidade que expressará a esperança de que Deus pode de fato nos salvar dos "trabalhos internos do ego", os quais alienam as pessoas umas das outras pelo decorrer da história.

Certamente isso não aconteceria de nenhum modo a não ser pela graça de Deus sendo derramada sobre a humanidade. A história nos mostra várias tentativas mal sucedidas e infelizes de pessoas que tentaram viver em união. Os seres humanos não têm sido capazes de fazê-lo com sua força própria.

Por esse motivo a vida dos discípulos de Yahshua vivenciada no começo era tamanho milagre! Aquela vida era o fruto de terem realmente sido salvos.

Sabemos que já passamos da morte para a vida porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte. Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos. (I João 3:14,16)

Alguns afirmam ser impossível amar com o amor que Yahshua nos amou, atingindo a mesma unidade do Pai e do filho. Nós, entretanto, entendemos que na verdade está dentro da capacidade de Deus salvar seu povo o levando até esse ponto. Este é o alvo primordial do evangelho[8].

A Semente Que Produz O Fruto

Qual seria então a semente que produz o fruto saboroso? A resposta é Yahshua.

Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto. (João 12:24)

Ele venceu as tentações de viver pra si mesmo[9], escolhendo ao invés disso fazer a vontade de seu pai. Mesmo sendo ela ir para a cruz, como ovelha é levada ao abate[10]. Ele morreu e foi até a morte[11] para pagar cada centavo que merecíamos pagar pelos pecados[12]. Mas ele o fez pela esperança que via adiante[13] de ver sua descendência espiritual, o fruto do labor de sua alma na morte[14]. Como o apóstolo Paulo escreveu:

Pois o amor de Cristo nos constrange, porque estamos convencidos de que um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. (II Coríntios 5:14-15)

A semente é também o evangelho que Yahshua pregou. Quando implantado nos corações dos dispostos a fazer a vontade de seu pai, que os leva a realmente morrer nas águas do batismo proclamando abandonar suas velhas vidas, inclusive suas possessões, parentes que se opõem, carreiras, planos, filosofias, etc. Quando essa semente germina gerando uma vida nova, produz o fruto da salvação, que é a testemunha do reino, a vida radical de Atos 2 e 4.

Muitas pessoas questionam o porquê dos discípulos viveram daquela forma no passado e os que denominam-se cristãos não vivem assim hoje. Muitos raciocinam dizendo: "Bem, foi só para aquela época, as coisas mudaram".

De qualquer forma, não é mera coincidência, que o modo que viviam no passado aponta diretamente às "duras palavras" que Yahshua disse para serem obedecidas, fazendo discípulos encontrarem salvação. A resposta normal de obediência ao evangelho do reino produziu a vida e a testemunha que virou o mundo de cabeça pra baixo naquele tempo[15].

Quando lemos sobre a vida radical de Atos 2 e 4 a questão surge, "Por que a igreja mudou tão drasticamente que ficou irreconhecível comparando com seu início? Foi porque um reino estava sendo estabelecido naquela época. Havia um propósito maior que a salvação de alguém; pra que ele suba aos céus quando morrer.

O propósito do evangelho era produzir a nação santa e o sacerdócio real que o apóstolo Paulo falou em I Pedro 2:9, o Israel espiritual das Doze Tribos que Paulo falou em Atos 26:7 e Efésios 2:12 e Gálatas 6:16, a noiva imaculada que João falou em Apocalipse 19:7-8 e 21:2,9-14

Sim, o Deus de Israel quer reconstruir aquela nação espiritual que seria a luz pras nações trazendo sua salvação aos confins da terra[16]. Uma nação onde o perdido e o solitário[17] podem achar refúgio do sistema caído do mundo, governado pelo princípe e poder dos ares[18], que influencia o mundo inteiro[19]. É uma nação santa e separada do mundo em todas as maneiras, onde não existe amor do mundo nem as coisas do mundo[20]. Está sendo estabelecida uma cultura totalmente nova pelo Deus que é amor.

Então esta é a base: A vida de amor e unidade descrita em Atos 2:44-47 e 4:32-35 que é o fruto que surge da semente do verdadeiro evangelho quando cai no coração fértil dos dispostos a fazer a vontade dele. Se alguém rejeita o fruto, ou não o vê com a importância devida, rejeitará a semente que produziu o fruto. Muitos buscam pela semente barata e geneticamente modificada que produz algo sem vida, que é atualmente o fruto fragmentado do cristianismo. Eles experimentam uma forma de santidade que falha em produzir a vida de amor e unidade pois não têm o poder e são satisfeitos com isso. E você é?

Convidamos você a vir e testemunhar a vida radical de amor que está lançando raízes mais uma vez sobre a terra. É uma nação espiritual. São comunidades unidas como um povo, que ama seu criador de todo coração, alma e força e a seu próximo como a si mesmo[21]. É isso que se pede pra que o fruto do reino seja produzido.

Referências

  1. ^ "Mateus 21:43 - Portanto eu lhes digo que o Reino de Deus será tirado de vocês e será dado a um povo que dê os frutos do Reino."
  2. ^ "Mateus 6:10 - Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu"
  3. ^ "João 14:23 - Respondeu Jesus: Se alguém me ama, obedecerá à minha palavra. Meu Pai o amará, nós viremos a ele e faremos morada nele."
  4. ^ "João 15:5-8 - Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados. Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido. Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos"
  5. ^ "Lucas 6:43 - Nenhuma árvore boa dá fruto ruim, nenhuma árvore ruim dá fruto bom."
  6. ^ "João 15:5-8 - citado acima"
  7. ^ "Mateus 6:31-33 - Portanto, não se preocupem, dizendo: Que vamos comer? ou Que vamos beber? ou Que vamos vestir? Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas. Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas."
  8. ^ "Tito 2:14 - Ele se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldade e purificar para si mesmo um povo particularmente seu, dedicado à prática de boas obras. " - "Tito 2:14 - Ele se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldade e purificar para si mesmo um povo particularmente seu, dedicado à prática de boas obras. " - "Tito 2:14 - Ele se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldade e purificar para si mesmo um povo particularmente seu, dedicado à prática de boas obras. "
  9. ^ "Hebreus 5:7-9 - Durante os seus dias de vida na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão. Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu; e, uma vez aperfeiçoado, tornou-se a fonte da salvação eterna para todos os que lhe obedecem."
  10. ^ "Isaias 53:7-8 - Ele foi oprimido e afligido; e, contudo, não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado para o matadouro, e como uma ovelha que diante de seus tosquiadores fica calada, ele não abriu a sua boca. Com julgamento opressivo ele foi levado. E quem pode falar dos seus descendentes? Pois ele foi eliminado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo ele foi golpeado."
  11. ^ "Mateus 12:40 - Pois assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre de um grande peixe, assim o Filho do homem ficará três dias e três noites no coração da terra."
  12. ^ "Lucas 12:59 - Eu lhe digo que você não sairá de lá enquanto não pagar o último centavo."
  13. ^ "Hebreus 12:2 - Tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus."
  14. ^ "Isaias 53:10-11 - Contudo, foi da vontade do SENHOR esmagá-lo e fazê-lo sofrer, e, embora o SENHOR tenha feito da vida dele uma oferta pela culpa, ele verá sua prole e prolongará seus dias, e a vontade do SENHOR prosperará em sua mão. Depois do sofrimento de sua alma, ele verá a luz e ficará satisfeito; pelo seu conhecimento meu servo justo justificará a muitos, e levará a iniqüidade deles."
  15. ^ "Atos 17:6 - Não os encontrando lá, o grupo arrastou a Jasom e a alguns dos irmãos para as autoridades da cidade. Eles gritavam: -Estes homens que têm transtornado o mundo chegaram também aqui."
  16. ^ "Isaias 49:6 - ele diz: Para você é coisa pequena demais ser meu servo para restaurar as tribos de Jacó e trazer de volta aqueles de Israel que eu guardei. Também farei de você uma luz para os gentios, para que você leve a minha salvação até os confins da terra."
  17. ^ "Salmos 68:5-6 - Pai para os órfãos e defensor das viúvas =é Deus em sua santa habitação. Deus dá um lar aos solitários, liberta os presos para a prosperidade, mas os rebeldes vivem em terra árida. Quando saíste à frente do teu povo, ó Deus, quando marchaste pelo ermo, a terra tremeu, o céu derramou chuva diante de Deus, o Deus do Sinai, diante de Deus, o Deus de Israel."
  18. ^ "Efésios 2:2 - nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência."
  19. ^ "I João 5:19 - Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno."
  20. ^ "I João 2:15 - Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele."
  21. ^ "Mateus 22:37-40 - Respondeu Jesus: Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimentoEste é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: Ame o seu próximo como a si mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas."