O Cristianismo Hoje


A luz para o mundo?

Considere os seguintes resultados de pesquisa de um grupo de pesquisa cristã popular:[1]

1) Em uma pesquisa nacional representativa entre adultos nascidos de novo, nenhum dos indivíduos entrevistados disse que o alvo mais importante de suas vidas era ser um seguidor comprometido de Jesus Cristo.

2) Cristãos nascidos de novo gastam sete vezes mais tempo com atividades de entretenimento do que com atividades espirituais.

3) Desejar ter um relacionamento pessoal mais de perto com Deus está em sexto lugar de 21 alvos de sobrevivência, atrás de desejos como “viver um estilo de vida mais confortável”.

4) Outubro, 2006 – “Jovens adultos nascidos de novo (entre seus vinte e trinta anos) quase não diferem de jovens adultos não salvos em baixar músicas ilegalmente, fumar, ver pornografia, comprar um bilhete de loteria ou falar palavrões. No entanto, os jovens crentes tinham mais probabilidades do que os não-crentes de tentar vingar-se de alguém e de ter roubado algo. Além do mais, em 8 dos 16 comportamentos negativos, o perfil dos nascidos de novo eram virtualmente idênticos ao dos não nascidos de novo.”

5) Em 2008 – “De fato, quando Cristãos evangélicos e não-evangélicos são combinados em uma classe agregada de adultos nascidos de novo, sua estatística de divórcio é idêntica aos adultos não nascidos de novo: 32% versus 33%, respectivamente.”

6) Setembro, 2011 – “Pesquisas indicam que a maioria dos jovens solteiros cristãos são tão ativos sexualmente quanto seus semelhantes não-cristãos, embora sejam mais conservadores em suas atitudes sobre sexualidade.

Meg Flammang, diretor de outro projeto de estudo da Barna, realizado em 2002, disse o seguinte sobre a crise do divórcio cristão:

Descobrimos que de muitas maneiras os cristãos não estão vivendo vidas diferentes do que os não-cristãos, quando olhamos para o seu comportamento... É difícil para os cristãos entenderem porque parece contrário ao que as pessoas acham que aconteceria... Nós gostaríamos de poder informar que os cristãos estão vivendo vidas muito distintas e impactando a comunidade, mas na área das taxas de divórcio, eles continuam a ser os mesmos.[2]

Referências

  1. ^ “The Year’s Most Intriguing Findings,” Barna Research Studies, 2010 – 2011. 
  2. ^ J. Rossomando, “Born-Again Christians No More  Immune to Divorce than Others, says Author,”  CNSNews.com, January 21, 2002.

Leia Mais:

Quem Vai Fazer o Papel... ?

No palco, existem atores com partes a serem desempenhadas, Existem cenas com sinais e prodígios exibidos. Cada parte tem seu propósito na mensagem transmitida. Todos devem fazer sua parte. As luzes diminuem para o enredo se desenrolar, Pois...

Leia Mais

Por Que Existem 45.000 Denominações Cristãs?

De acordo com um relatório publicado pelo Centro de Estudo do Cristianismo Global, no Seminário Teológico Gordon-Conwell, em meados de 2015 havia mais de 45.000 denominações...

Leia Mais

O Propósito do Cristianismo

Talvez você seja como eu. Sou um homem simples. Não consigo envolver minha mente e coração em torno de algo que não consigo ver com meus próprios olhos. Sei que não devo julgar, mais se eu for convidado...

Leia Mais

Qual é a Diferença Entre um Cristão Normal e um Discípulo Normal?

Eu cresci em uma família cristã e, sendo assim, com certeza ia para a igreja todo Domingo. Mas foi apenas em um certo ponto da minha juventude que comecei de fato a ler a Bíblia e...

Leia Mais